Beacon School – O Sonho e a Realização de uma Escola Referência
Em fevereiro de 2010, foi lançada a Educação Infantil da Beacon School e três anos depois inauguramos o Ensino Fundamental 1 – a Beacon Elementary School.

A escola cresceu. Dezesseis crianças começaram essa jornada conosco. Hoje, sete anos depois, são seiscentos e oito crianças que chegam à Beacon todos os dias para serem acolhidas por uma equipe pedagógica de mais de noventa profissionais. E ainda assim, a sua essência inicial é mantida com coerência: somos uma escola bilíngue, de educação internacional, com identidade brasileira. Sob os novos olhares e comportamentos da sociedade atual, continuamos a fazer apostas em um cidadão em formação que, daqui a vinte anos, terá condições de atuar em comunidade e para a comunidade.

Para isso, a Beacon entende que cabe à escola ir além dos conteúdos curriculares, pois é a formação de um ser humano que está em foco. Com essa responsabilidade, se propõe a trabalhar valores de cooperação e de consciência. O indivíduo cooperativo, ciente de sua capacidade e de seu dever de participação e transferência de conhecimento, terá visão voltada para a sociedade e, certamente, maiores condições de competitividade e de conquistar sua autonomia.

O ser autônomo, dotado de consciência ética, é capaz de fazer e assumir suas escolhas. Ele é ouvido e percebido, está apto a estabelecer relações, interagindo em grupo, enriquecendo-se com a diversidade e desenvolvendo habilidade social.

A diversidade é portanto, um elemento indispensável nesse processo. A convivência em um grupo heterogêneo dá aos nossos alunos brasileiros uma oportunidade ímpar de descoberta e conhecimento de outras culturas, ao passo que nossos alunos estrangeiros beneficiam-se de uma experiência também brasileira. Atualmente temos doze nacionalidades representadas na Beacon, sejam elas de nossos alunos ou de seus pais, vivendo na rotina escolar, sob a orientação dos professores, essa relação harmônica.

Vive-se uma época em que os jovens são expostos a uma quantidade enorme de informações, com acesso a diversos meios de comunicação. Torna-se, mais do que nunca, fundamental o papel do professor-orientador, mentor não só no processo de transformar informação em conhecimento, mas, sobretudo mentor de valores e atitudes. A Beacon constituiu um Conselho Pedagógico para refletir sobre o mundo, desenhar a Educação e se posicionar de acordo com o que acredita vir a ser o futuro. A Beacon quer e sabe ser uma escola que se criou no e para o século XXI.

Ensinar a aprender e a raciocinar de maneira ética por meio de consciência crítica são princípios em que a Beacon acredita estar a chave para a formação do indivíduo. Com um corpo docente de excelente formação acadêmica, experiência profissional relevante e comprometido com a constante evolução de sua prática pedagógica, a Beacon School continua segura e motivada pela enorme responsabilidade de educar.