Ensino Fundamental: Áreas do Currículo
  • Língua Portuguesa. As práticas de linguagem na área de Língua Portuguesa visam possibilitar aos alunos o desenvolvimento da competência textual. Dessa forma, eles adquirem aptidão para se adequar às diversas situações de comunicação, expressando-se oralmente e por escrito, e adquirindo a competência leitora para os mais diversos objetivos: obter informações, interpretar dados e fatos, recrear-se, recriar, observar, comparar, compreender, analisar e criticar textos.

    Para atingir tal objetivo, as práticas de linguagem desenvolvem-se em torno de quatro eixos: (a) leitura, compreensão e interpretação de textos; (b) produção de textos escritos; (c) escuta e produção de textos orais; (d) análise linguística.

    Na leitura e na produção de textos orais e escritos são empregados textos dos mais variados gêneros: lendas, fábulas, contos de fadas, narrativas de aventura, biografias, diários, notícias, reportagens, entrevistas, receitas, regras de jogos, textos de divulgação científica, textos didáticos, cartas de leitor, materiais de publicidade, resenhas críticas, poemas, quadrinhas, parlendas, entre outros. Além disso, obras da literatura infantil são oferecidas, buscando o conhecimento da herança cultural, a apuração do senso crítico do jovem leitor e o desenvolvimento da sensibilidade, imaginação e criatividade.

    Na análise do sistema da língua, são tratados os conteúdos que se referem aos padrões de escrita por meio de atividades específicas e do processo de revisão do texto produzido, sendo eles: ortografia, pontuação, paragrafação, mecanismos de coesão e coerência textual. A descrição gramatical é feita com foco em alguns conteúdos da morfologia, contextualizados em assuntos relevantes das Unidades de Investigação: substantivo, adjetivo, verbo, pronome e artigo.

  • Língua Inglesa. Desde a Educação Infantil, os alunos na Beacon entram em contato com a língua inglesa como uma forma de comunicação com colegas e adultos, e como elemento essencial na construção do conhecimento nas diversas áreas curriculares. No Ensino Fundamental, os alunos aprendem e praticam a língua inglesa na exposição à fala de outros e no uso dela em suas próprias interações; aprendem sobre a língua por meio da instrução contextualizada e explícita; e aprendem, por meio da linguagem, todos os conteúdos curriculares em que o inglês é usado como língua de instrução.

    O uso eficaz da língua exige e amplia o pensamento e conhecimento das diferentes heranças culturais. Discutir uma história, assistir a um documentário, ouvir a fala de outros ou escrever um texto implica a mobilização do pensamento. Ao ler textos cada vez mais complexos e realizar tarefas que demandam respostas escritas ou orais, os alunos desenvolvem a sua capacidade de compreensão, memorização, análise e avaliação, além de serem capazes de empregar as ideias que formulam na língua inglesa em todas as outras disciplinas.

    O desenvolvimento das habilidades da comunicação oral, da leitura e da escrita é enriquecido pela ampla exposição às obras da literatura internacional na língua inglesa, e tem como objetivo promover e nutrir nos alunos o gosto e o interesse permanentes pela leitura, essenciais na formação de leitores.

  • Matemática. Ensinar e aprender matemática: A A matemática é um instrumento científico, social e tecnológico associado ao desenvolvimento humano. De fato, essa ciência está envolvida em todos os âmbitos da sociedade, e quase não há processo no qual não haja matemática ou a utilização do pensar matemático, que se caracteriza por analisar dados, identificar problemas, levantar hipóteses, tomar decisões e conferir se a hipótese se confirma ou não. Por isso, quando um aluno passa pela escola e não aprende matemática, tem comprometida uma parte importante de sua cidadania, uma vez que faltarão a ele certos instrumentos de leitura de mundo.

    Aprender matemática: No projeto pedagógico da Beacon, aprender matemática envolve três ideias básicas: conhecimento específico de noções, conceitos e procedimentos matemáticos; alfabetização matemática; e mobilização de conhecimentos por resolução de problemas em situações diversas em que seu uso se faça necessário. Em nossa proposta, por meio de situações planejadas, articuladas e desafiadoras, os alunos desenvolvem conhecimento a respeito de números, operações, geometria, medidas e estatística.

    Para nós, quando a um aluno é ensinada a matemática de modo organizado, planejado e cuidadoso, ele estabelece formas de pensamento matemático, compreende o sentido desses conceitos e pode acessá-los sempre que necessário na escola e fora dela.

  • Ciências. O estudo de ciências, baseado na investigação, está presente diariamente no currículo de todos os anos do Ensino Fundamental. As experiências científicas desenvolvem nos alunos habilidades para solução de problemas e os capacitam a participar de um mundo cada vez mais científico e tecnológico, levando-os a fazer conexões entre conceitos aprendidos em sala de aula e o mundo que os cerca.

    A metodologia adotada pela Beacon School baseia-se na convicção de que os alunos aprendem melhor quando:

    • O processo de investigação é estimulado e envolve diretamente o aluno em explorações e investigações;
    • A instrução enriquece a estrutura conceitual que o aluno possui;
    • O conteúdo é organizado em temas conceituais amplos comuns a todas as áreas das ciências;
    • As habilidades em matemática e comunicação fazem parte integrante das investigações transdisciplinares da educação científica.

    Três eixos estruturantes de ciências são abordados:

    • Ciências da Vida, com investigações sobre questões relacionadas com o ser humano e o meio ambiente;
    • Ciências da Terra e do Espaço, ampliando as investigações que incluem o planeta Terra e a sua relação com o universo;
    • Materiais e Matéria, focando o estudo das origens, propriedades e usos de sólidos, líquidos e gases, e realizando uma introdução ao mundo da física.

    Os alunos são levados a observar, explorar, medir, comparar, questionar, prever, testar teorias e articular hipóteses com seus colegas e professores; e, ainda, modificar seus pensamentos e chegar a conclusões baseadas na experiência.

  • Estudos Sociais - Geografia e História*. Durante o Ensino Fundamental I, os conceitos de História e Geografia são trabalhados em conjunto, compondo a área de Estudos Sociais. Os estudantes ampliam sua compreensão da sociedade humana ao colocarem em foco eles próprios e os outros que vivem em sua mesma comunidade, assim como aqueles que vivem ou viveram em outras, distantes no tempo e no espaço.

    Eles investigam como e por que os grupos são organizados em comunidades, e como elas refletem as culturas e os costumes dos seus povos. Reconhecem, assim, a interdependência dos sistemas e sua função nas comunidades locais e nacionais. Além disso, ampliam sua consciência de como os povos influenciam e são influenciados pelo ambiente em que vivem.

    Os alunos exploram as relações entre a valorização e a proteção do meio ambiente. Ampliam a compreensão do tempo ao identificarem não somente eventos importantes da vida das pessoas, mas também como o passado está registrado e é lembrado de modos diferentes. Ampliam, também, a sua compreensão do impacto dos avanços tecnológicos no tempo sobre os indivíduos, sobre a sociedade e sobre o meio ambiente.

  • Educação Física. A Educação Física faz parte de um programa integrado e transdisciplinar. Busca conectar os conceitos de corpo e movimento às múltiplas dimensões da criança, sejam elas nos domínios cognitivo, afetivo, cultural ou motor, e dar oportunidades a todos, de modo a desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes necessários para manter um estilo de vida saudável em sua plenitude.

    A variedade de experiências de aprendizado é reflexo de um programa equilibrado, que valoriza “o aprender a movimentar-se e o aprender por meio do movimento”, a saber: 1) Jogos; 2) Movimento; 3) Desafios e Aventura; 4) Condicionamento Físico; 5) Projetos Pessoais.

    O programa não só permite que o aluno aumente seu repertório motor, ampliando suas possiblidades de expressão e o desenvolvimento de suas aptidões relacionadas ao físico e à saúde, mas que também compreenda regras, tenha noção de tempo e espaço, assimile o conceito de aprendizagem e incorpore mecanismos de solução de problemas. Nas aulas de Educação Física ou em eventos esportivos, os alunos se conscientizam dos desafios individuais e coletivos. Assim, a socialização positiva é incentivada, baseada na cooperação, solidariedade, respeito pelo outro e aceitação das diversidade. A valorização das diferenças culturais também está presente, por meio de jogos e ritmos do Brasil e do mundo.

  • Música. O Programa de Música do Ensino Fundamental I é baseado na filosofia e prática da Orff Schulwerk - linha de educação musical desenvolvida pelo compositor Carl Orff. A Orff Schulwerk parte da premissa de que toda criança é naturalmente musical e aprecia tocar, cantar e dançar.

    Na Beacon, além de aprenderem dezenas de canções de diferentes países, que abrangem uma variedade de contextos históricos, sociais e culturais, os alunos também se familiarizam com danças e peças instrumentais de diversas partes do mundo. Além disso, são estimulados a contribuir com suas próprias ideias, por meio de improvisações, composições e coreografias.

  • Artes Visuais. No Ensino Fundamental I da Beacon School, a área de Artes Visuais reconhece a criança como um ser cultural que age e interage com a comunidade onde vive e que também possui expressão própria; o desenvolvimento das linguagens visuais nas crianças se dá no fazer, e na apreciação do processo de produção artística e da obra em si.

    A metodologia abordada tem como foco a investigação e a experimentação poética do fazer, através do contato direto com a matéria, do exercício constante de criação simbólica e da fruição em relação à produção artística de diferentes povos em diferentes épocas, da arte contemporânea e da arte popular, da produção do grupo e da sua própria produção. O conhecimento vai, então, se construindo de forma integrada entre essa ação artística em desenvolvimento e as demais áreas do currículo, apontando para um caminho de descobertas estéticas e invenções inesgotáveis.

  • Língua Espanhola A língua espanhola figura na matriz curricular como terceira língua a partir do 4º ano do Ensino Fundamental I.
    De maneira prática e dinâmica, os alunos trabalham as quatro destrezas comunicativas: expressão oral, expressão escrita, compreensão auditiva e leitura de imagens e textos, elaborando assim, oportunidades de comunicação fluente.
    O aprendizado da língua espanhola despertará no aluno seu senso crítico, curioso e reflexivo, oferecendo a ele um novo recurso para conhecimento do mundo e apreciação das manifestações culturais.